Consistência nos estudos: uma história de sucesso

consistência dos estudos

Recentemente, saiu o resultado do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Pará e o colega Letiéri Paim (@nomearletieri) sagrou-se vitorioso entre os aprovados.

Foi uma notícia muito alegre para mim, pois, desde que aconteceu o concurso de Analista Judiciário e de Técnico Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral da 3ª Região, acompanho sua trajetória. Da minha curiosidade surgiu uma grande amizade, pois ele vinha crescendo com seus estudos e eu passei a segui-lo no Instagram.

Estamos falando de uma pessoa comum como eu e você: alguém que trabalha, estuda, frequenta academia, namora, vê televisão e escuta música. Só que ele também se dedica e muito à sua preparação para concursos. É alguém que equilibra tudo isso, que sofre, mas nunca deixa de lutar.

Uma história de superação

Apesar de ele ter acertado muitas questões no concurso do TRF, sua colocação não foi aquela que tanto desejava. Poderia ter desanimado ou desistido? Sim, pois sempre temos esta opção, mas não foi a que ele escolheu.

Ademais, a impressão que ele sempre me passou foi a de que, dentro do seu coração, existe uma vontade de crescer e de usar todo o seu potencial profissional.

Afinal, ele não foi para tão longe dos seus pais à toa. Queria retribuir todos os esforços que seus familiares fizeram por sua educação.

Por que reavaliar estratégias é importante?

Foi a lembrança curiosa de uma conversa nossa um mês antes da prova do TRE-PA, que me fez escrever esse artigo. Ele estava inscrito para um concurso municipal em Santa Catarina, onde mora, mas o certame teve seu calendário modificado e, salvo engano, coincidiria com outro concurso que faria.

Ao receber a notícia, como todo bom concurseiro, teve que reavaliar suas estratégias. Não sem receio ou preocupação, como você (nobre leitor) e eu faríamos. Muito pelo contrário. Ele se sentia apavorado!

Neste momento, pensando que não teria chance no concurso da Justiça Eleitoral, pois ele se preparava para o tal concurso municipal, resolveu fazer um esforço concentrado nesses 30 (trinta) dias que antecediam o dia D.

Ele pensava que, como o TRF não lhe trouxe notícias tão boas, o mesmo ocorreria com este novo processo seletivo.

Ocorre que sua bagagem de estudos era enorme. Cabe lembrar, além disso, que cada prova é única. Fora que um concurso foi organizado pela Fundação Carlos Chagas e o outro pela IBFC. Então, sua sorte poderia mudar. Felizmente, ela mudou.

Depois de o concurso passar por um tenso período de suspensão por conta de uma denúncia do Ministério Público Federal, o destino daqueles que foram bem neste certame e o do meu amigo Letiéri mudou para melhor.

Sua nota nas questões objetivas foram muito altas (como no concurso da Justiça Federal), mas agora ele gabaritou as respostas das questões de estudos de casos. Isso mesmo que você leu: nota máxima. Não é sensacional?!

A consistência nos estudos é essencial para o sucesso!

Quem lê este relato pode pensar que ele estudou só um mês e passou entre as melhores colocações deste concorridíssimo concurso.

Ocorre que não foi bem assim que o processo de preparação aconteceu. Ele é Técnico Judiciário do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e seus estudos não datam de hoje.

Seu sucesso é fruto de uma construção lenta e gradual do seu projeto de vida. Estamos falando de algo construído com muito amor, suor e lágrimas junto de seus amigos e familiares.

Portanto, se você começou agora ou se já estuda há muito tempo, inspire-se nesta história. Alimente sua motivação com a vitória de Letiére Paim. Bons estudos!

Quer mais dicas para melhorar seus estudos?

Continue acompanhando os artigos do Blog do Master Juris. Toda semana tem conteúdo novo sobre o mundo dos concursos públicos para aumentar seus conhecimentos.

Conta nos comentários: Tem algum método de estudo que funciona pra você?

Se você quiser conversar comigo sobre essas e outras questões, siga-me no Instagram @concurseiro.solitario. Será um prazer!

Artigos Mais Lidos:

Artigos Relacionados

Respostas

  1. Consistência é fundamental. O caminho é árduo, mas há uma luz no fim dele. Consegui, finalmente, lograr êxito no MPMG, agora pretendo me “aposentar” dos concursos, mas apanhei muito durante a caminhada. Deixo aqui a mensagem de motivação a todos: nunca desistam, se de fato almejam determinado cargo. Com método e resiliência, é perfeitamente possível, acreditem. O Master Juris, sem dúvida, pode ajudar nisso com as trilhas para o sucesso, principalmente para quem tem dificuldade de organização. O curso possui excelente custo x benefício (um dos melhores do mercado) e corpo docente bastante qualificado. Sou entusiasta do modelo.

    Por fim, quando passarem, não busquem apenas status e um bom salário, mas, principalmente, contribuir um pouco com a sociedade em que estamos inseridos.

    Um até logo a todos!

Master Juris Premium

concursos jurídicos superiores
Planos de Assinatura
* Saudades do site antigo? Acesse-o aqui
close-link

Promoção de (re)Lançamento!

Assine o Master Juris Premium por apenas 12 x 59,90 (plano anual). Mais de 5.000 videoaulas, guias por carreira, rodadas de exercícios, correção de discursiva e até orientação para prova oral. 

Não perca. A promoção tem prazo limitado.
Ver Planos
close-link