4 Tipos de Questões de Concurso que Merecem Atenção Nos Seus Estudos

No universo dos concursos públicos, a grande questão que assola os concurseiros é a preparação para as provas. Existem inúmeras técnicas que otimizam o aprendizado e a fixação de conteúdo. Dentre elas, a resolução de questões de concurso — provas anteriores — é uma ótima maneira para que o candidato consiga se adequar ao modelo que irá fazer.

Isso faz todo sentido. Afinal, o ciclista prepara-se pedalando, o maratonista correndo e o concurseiro, por sua vez, resolvendo questões.

Tipos de questões de concursos

Só que, dentre a gama de questões de concursos, há variações. Algumas mais simples e recorrentes — essas são interpretadas facilmente e o enunciado é visto com facilidade para resolver a questão.

Outras já demandam uma atenção maior. Podem parecer simples à primeira vista, mas possuem detalhes que derrubam o candidato. É sobre esse último tipo que falaremos hoje, já que apresentam formas distintas. Conheça quatro delas:

1. Questões afirmativas certas ou erradas

A primeira é uma das mais clássicas: as questões de concurso que pedem para assinalar as certas ou erradas. Consiste no seguinte: a questão fornece uma série de afirmativas as quais você deve julgar certas ou erradas, ou também verdadeiras ou falsas.

O enunciado, então, pede que assinale a alternativa em que constem as afirmativas corretas ou erradas. Vamos exemplificar para melhor visualização:

(IDECAN - 2019 - AGU - Administrador)
“Ele achava que a sociedade deveria ser harmoniosa e as pessoas deveriam ser encorajadas em seu ‘autodesenvolvimento’ para que pudessem aproveitar ao máximo sua posição.”

A respeito do período acima, analise as afirmativas a seguir:

  1. Há ocorrência de duas formas verbais em voz passiva.
  2. Existem duas locuções verbais no período.
  3. Há ocorrência de um QUE pronome relativo e um QUE conjunção subordinativa

Assinale:

  1. se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  2. se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
  3. se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
  4. se todas as afirmativas estiverem corretas.
  5. se nenhuma afirmativa estiver correta.

Esse tipo de questão, portanto, demanda atenção redobrada dos concurseiros, pois quem está resolvendo deve ler atentamente cada uma das afirmativas para verificar os elementos que correspondam a equívocos ou adequações de acordo com o enunciado.

Na hora de assinalar a alternativa, exige-se muita concentração para que o estudante não se confunda entre quais afirmativas estão corretas ou incorretas. Tome cuidado!

2. Questões com uma alternativa mais correta

É bem comum em alguns concursos que algumas questões apresentem mais de uma resposta correta. No entanto, não é o caso de anulação da questão, porque isso se trata de uma pegadinha para os desatentos.

Quando isso acontece, é o caso de haver uma alternativa mais correta, que corresponderá ao gabarito da questão.

Vejamos um exemplo bem simples:

“Assinale as alternativas que contém capitais brasileiras:

  1. Palmas, Curitiba e Olinda
  2. Rio de Janeiro, São Paulo e Vitória
  3. Belo Horizonte e Aracajú
  4. Campina Grande e Porto Velho”

Perceba que há duas respostas corretas: b) e c), porém a alternativa b) está mais correta por conter maior número de cidades que são capitais. Fique ligado!

3. Questões com pegadinha na alternativa "A"

Muito é dito sobre esse tipo de questão, que não é diferente das outras, mas que traz uma pegadinha nas alternativas. O caso aqui é de colocar uma resposta aparentemente correta logo na primeira alternativa, fazendo com que o candidato acredite ser a certa e deixe de ler as demais.

Certamente haverá uma série de questões cuja resposta estará na alternativa “A”, mas há que se ter cautela sempre!

4. Questões com palavras que induzem ao erro

Existe um outro tipo de questão que merece sua atenção: as que possuem determinadas palavras que podem induzir ao erro na hora de resolvê-las. São aquelas em que o enunciado contém termos como: exceto, respectivamente, etc.

Vejamos um exemplo:

“Assinale a alternativa que indica, respectivamente, capitais brasileiras do Nordeste e Sudeste.

  1. Rio de Janeiro e Manaus
  2. São Paulo e Vitória
  3. Recife e Belo Horizonte
  4. Porto Alegre e Belém”

ou então:

“São capitais brasileiras do Nordeste, exceto:

  1. São Luís e Teresina
  2. Fortaleza e Recife
  3. Aracaju e João Pessoa
  4. Macapá e Boa Vista”

No primeiro caso, o candidato deveria assinalar a alternativa que tivesse uma capital da região Nordeste e outra da região Sudeste, nesta ordem (letra c). Já no segundo caso, deveria assinalar a alternativa que não tivesse duas capitais da região Nordeste (letra d).

Portanto, esse tipo de questão pode levar o candidato a se confundir tanto na hora de estudar, quanto na hora que é “para valer”.

Preste atenção ao resolver as questões de concurso! Isso fará toda a diferença no momento da sua prova! Continue acompanhando o Master Juris e faça ótimos certames!

Artigos Mais Lidos:

Respostas

Master Juris + Pós-graduação

POR APENAS 12 x R$59,90 VOCÊ FAZ A SUA PÓS-GRADUAÇÃO JURÍDICA (são mais de 30 para você escolher) e ainda ganha acesso a TODOS os cursos do Master Juris por 1 ano. Chegou a hora de turbinar o seu currículo!