IBFC

IBFC — Análise De Banca

Dando seguimento à análise das bancas de concurso, neste artigo você verá tudo sobre o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação — IBFC.

Tudo sobre o IBFC

O IBFC é uma banca organizadora de concursos públicos, principalmente para tribunais. Quer conhecer mais a fundo sobre o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação? 

Então, veja a seguir alguns detalhes sobre essa banca e como ela trabalha:

Histórico IBFC

O IBFC foi fundado com a intenção de desenvolver projetos sociais na área da educação de crianças e adolescentes — função que ainda exerce.

Com o passar do tempo, passou a realizar também concursos em todo país. No entanto, é uma banca ainda pouco conhecida pelos concurseiros.

Tem sua atuação enquanto banca organizadora de concursos públicos focada nas regiões centro-oeste, norte e nordeste.

Qual o estilo de prova da banca IBFC?

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação é considerado uma banca de nível médio, que elabora questões diretas e objetivas, evitando as famosas “pegadinhas”.

O conteúdo programático é abordado de forma bastante inteligente, em que é utilizado os temas mais importantes para cada cargo. A abordagem das questões segue o mesmo esquema, cobrando conteúdos relacionados ao dia a dia do cargo público almejado.

Em regra, as provas do IBFC são formadas por questões do tipo múltipla escolha, sendo quatro ou cinco alternativas. Quando há a aplicação de provas discursivas, ela é feita por meio de uma redação. Os temas mais recorrentes são os atuais e a cobrança de algum conteúdo contido no edital.

Concursos realizados pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação

Dentre os concursos já realizados pelo IBFC, predominam os editais para tribunais, tais como o TJ/PA, o TJ/PE, o TRE/AM e o TCM/RJ. Entretanto, a banca já organizou diversos concursos estaduais e municipais.

Você pode, inclusive, acompanhar de forma on-line as parcerias firmadas pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

Cobrança de conteúdo

As provas do IBFC costumam, em regra, cobrar as disciplinas de Português, Matemática, Raciocínio Lógico e Direito. Nessas três primeiras, é possível traçar um paralelo com as questões cobradas pela Cesgranrio.

As provas de Português do IBFC costumam ser as mais extensas, uma vez que têm por hábito apresentar trechos de crônicas para serem trabalhados. Os pontos de maior incidência são:

  • interpretação de texto;
  • ortografia;
  • acentuação;
  • gramática;
  • análise sintática, morfologia e semântica.

Na prova de Matemática e Raciocínio Lógico, a cobrança é mais específica nos seguintes pontos:

  • frações;
  • conjuntos;
  • porcentagens e sequências;
  • proposições;
  • tabelas-verdade;
  • equivalências;
  • negações;
  • argumentos.

Por fim, as provas de Direito costumam cobrar muito texto de lei. Quando são abordados assuntos que aludem a conhecimentos doutrinários ou jurisprudenciais, a escolha é sempre pelos temas que não apresentem divergência.

Os assuntos mais cobrados para concursos no âmbito do Direito são:

  • licitações e contratos;
  • poderes administrativos;
  • princípios administrativos.

Gostou de saber mais sobre a banca IBFC? Então siga acompanhando o Master Juris para ter mais informações sobre essa e outras bancas de concursos públicos!

Artigos Mais Lidos:

Aniversário Master

12 x R$39,90

Plano anual com descontaço, mas só em setembro!