Como estudar para Defensoria Pública Estadual (DPE)?

Está em busca de mais conhecimentos sobre como estudar com eficácia para o concurso da Defensoria Pública Estadual (DPE)? Você chegou ao artigo certo! Listamos três dicas de estudo e revisão para sua aprovação na DPE.

A DPE tem uma função muito relevante para a justiça, já que auxilia os necessitados com orientações e procedimentos jurisdicionais e também promove ativamente a defesa dos direitos humanos, tanto de forma individual quanto coletiva.

O §1º do artigo 134 da Constituição Federal prevê a unidade, a independência e a indivisibilidade funcional da Defensoria Pública. Em se tratando das Defensorias Estaduais, o §2º seguinte garante ainda autonomia administrativa e funcional.

Um cargo neste órgão é o desejo de muitos; logo, a concorrência é grande. Por isso, é importante traçar um plano de estudos assertivo. Confira nossas dicas:

1. Crie um cronograma de acordo com as disciplinas exigidas

Para começar, crie um cronograma de estudos. Para isso, averigue as disciplinas exigidas no edital e divida-as pelos meses de estudo que tem pela frente. Além disso, analise os certames anteriores para identificar quais são as matérias mais cobradas. Abaixo listamos algumas das que tradicionalmente mais caem:

Além destas, outras matérias são cobradas nos concursos para carreiras da Defensoria Pública Estadual. As que citamos acima, porém, são as que mais apresentaram questões nos últimos anos.

2. Faça exercícios e resolva provas anteriores

Estabeleça um horário no seu cronograma para resolver exercícios do seu material de estudo e de provas anteriores. Isso fará com que você fixe conhecimentos e teste suas habilidades.

Confira também quais temas foram recorrentes nas provas passadas e como foi cobrado o conteúdo das Leis Orgânicas das Defensorias Estaduais.

3. Aproveite seu tempo livre de forma estratégica

Sabe o tempo que se perde diariamente em transportes públicos? Momentos como este podem ser aproveitados de forma mais eficaz. Por que não aproveitá-los estudando informativos do STJ e STF? Isso ajudará a enriquecer o conhecimento jurisprudencial num momento em que normalmente não fazemos nada além de ver os pontos passarem.

Pense também no seu tempo livre em casa, inclusive nos fins de semana e feriados. Se o estudo é dedicado a algo que você quer de verdade, vale a pena perder o lazer atual para colher os louros futuros. Lembre-se: a cervejinha que você deixar de tomar hoje pode virar o gabinete de amanhã.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o Master Juris e prepare-se para estudar e revisar com o suporte dos cursos do Master Juris!

Artigos Mais Lidos:

Respostas

SITE ABERTO! TODO O CONTEÚDO pREMIUM DO MASTER JURIS 100% LIBERADO ATÉ 02/08!!!