Aproveite as últimas horas da promoção.

80% Promoção foi prorrogada! de desconto no plano Anual.

  • 00 hrs
  • 00 min
  • 00 seg
Vendas: 0800 056 2480
account_circle Login | Registro

Magistratura Estadual ou Federal: qual devo escolher?

 

 

A escolha do seu concurso foco é fundamental para um estudo direcionado e de qualidade. Se você está na dúvida se deve fazer concurso para Magistratura Estadual ou Federal, fique atento às dicas a seguir:

1. Saber as disciplinas que caem em cada prova

Primeiro, você precisa saber quais são as disciplinas que precisam ser enfrentadas em cada um desses concursos. Há diferença entre as disciplinas cobradas nas provas, em razão das competências dos cargos serem diferentes. Veja abaixo a seleção de matérias cobradas especificamente em cada uma das provas:

  • Juiz Federal – Direito Previdenciário, Direito Econômico, Direito Financeiro e Direito Internacional Público e Privado.
  • Juiz de Direito – Direito da Criança e do Adolescente e Direito Eleitoral.

Há também algumas matérias em comum: Direito Constitucional; Direito Administrativo; Direito Penal; Direito Processual Penal; Direito Civil; Direito Processual Civil; Direito Empresarial; Direito Tributário; Direito Ambiental e Direito do Consumidor.

A melhor preparação é aquela com um objetivo certeiro. O desvio de foco torna o estudo mais inseguro e, portanto, menos eficiente.

2. Observar seus pontos fracos e fortes entre as matérias

Segundo ponto a ser observado é a aptidão com cada matéria.  Observe quais são as matérias que você possui maior afinidade e com o que você gostaria de trabalhar. Se o que você mais gosta é Previdenciário ou Tributário, o ideal seria a Magistratura Federal. Se você prefere Família, Sucessões ou Eleitoral, por exemplo, o ideal seria a Magistratura Estadual.

3. Saber a quantidade de concursos pro ano

Terceiro ponto que precisa de atenção: a quantidade de concursos por ano. Diferente da Magistratura Federal, uma grande vantagem dos concursos para Magistratura Estadual é a quantidade de concursos por ano. Porém, não esqueça: Possibilidade de transferência para outro Estado só é possível em concurso Federal.

4. Saber a competência de cada carreira

É preciso entender a competência de cada carreira. Para isso, acesse esse post anterior do blog para saber mais sobre o que faz um juiz estadual e federal.

Qual é a competência de um juiz estadual e federal?

5. Escolha a carreira pela afinidade

Resumindo, faça essa pergunta para si: quais campos do conhecimento jurídico me empolgam? Com quais possuo afinidade?

O fundamental é ter a clareza, compreensão e convicção do seu interesse naquilo que está buscando. É preciso que você entenda qual o seu perfil. Com isso traçado, o caminho a ser trilhado se tornará muito mais motivador e eficiente.

Qual é a trilha a ser seguida para se tornar um magistrado?

Confira os nossos Planos de Estudos para Magistratura Estadual e Federal!

Sobre Yasmin Navega

Advogada. Instrutora de Ensino do Master Juris e Master OAB. Graduada pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Pós-graduanda em Direito Processual Civil pela Universidade Cândido Mendes.
Instagram: @yasmin.navega

Ver Todos os Posts

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Master Juris - Marca
 
 

MASTER JURIS - 2018. Todos os direitos reservados.