CEBRASPE (Cespe/UnB): conheça o perfil da banca

Fique por dentro da estrutura das provas e conheça o temido "método Cespe"

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE) foi qualificado como uma organização social em agosto de 2013. Apesar da data relativamente recente, suas atividades - e sua fama - são velhas conhecidas dos concurseiros, uma vez que o Centro assumiu e deu prosseguimento aos trabalhos da temida banca Cespe/UnB.

Segundo o site da Universidade de Brasília (UnB), o  Cespe, criado em 1993, também teve esse papel de assumir e dar continuidade a trabalhos já realizados desde a década de 70 pela Comissão Permanente de Concurso Vestibular (COPEVE). Em razão da obrigatoriedade de realização de concursos para ingresso no serviço público, o Cespe foi criado para abraçar de vez a realização desses processos seletivos.

Concursos Realizados

O CEBRASPE pode, com folga, levar o título de maior realizador de concursos públicos do Brasil. Por meio dessa banca são realizadas as seleções da Polícia Federal (PF), da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), do Tribunal de Contas da União (TCU), do Banco Central (BACEN), da Advocacia-Geral da União (AGU) e de diversos tribunais e agências reguladoras, dentre muitas outras.

Eis uma lista com os concursos mais recentes elaborados pelo CEBRASPE:

  • Conselho Tutelar do Distrito Federal (Conselheiro Tutelar);
  • Defensoria Pública do Distrito Federal - DP/DF (Defensor Público);
  • Ministério Público de Contas do Estado do Pará - MPC/PA (Procurador e Servidor);
  • Procuradoria Geral do Município de Boa Vista/RR - PGM Boa Vista (Procurador);
  • Procuradoria Geral do Município de Campo Grande/MS - PGM Campo Grande (Procurador);
  • Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina - TJ/SC (Juiz de Direito);
  • Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios - TJDFT (Notários);
  • Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará - CGE/CE (Auditor de Controle Interno);
  • Ministério Público do Estado do Piauí - MP/PI (Promotor de Justiça);
  • Polícia Civil do Estado de Sergipe - PC/SE (Delegado de Polícia);
  • Polícia Federal - PF (Delegado de Polícia, Perito Criminal, Agente, Escrivão e Papiloscopista);
  • Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco - PGE/PE (Servidor);
  • Polícia Militar do Estado de Alagoas - PM/AL (Soldado);
  • Polícia Rodoviária Federal - PRF (Policial Rodoviário);
  • Tribunal de Justiça do Estado da Bahia - TJ/BA (Juiz de Direito);
  • Tribunal de Justiça do Estado do Ceará - TJ/CE (Juiz de Direito); e
  • Tribunal de Justiça do Estado do Paraná - TJ/PR (Juiz de Direito).

O temido “Método Cespe”

O CEBRASPE se utiliza do “Método Cespe”: as questões são elaboradas no formato “certo ou errado”, havendo a anulação de questões certas pelas erradas. Via de regra, para cada questão certa, o candidato recebe 1 ponto, e, para cada errada, perde 1 ponto. No entanto, é sempre bom ficar de olho no que diz o edital, pois o CEBRASPE já trouxe hipóteses de o candidato perder apenas 0,5 ponto por resposta errada.

Esse método adotado pelo CEBRASPE visa descartar a possibilidade de acerto ao acaso, ou seja, de que o candidato acerte a questão por meio de “chute”. Dessa forma, o candidato que possuir maior capacidade de analisar, interpretar e responder a partir do que aprendeu é o que terá mais chances de se classificar. Além disso, é uma segurança para a instituição que está realizando o certame, pois a classificação no processo se deverá ao desempenho do candidato, não à sorte. 

As provas objetivas do CEBRASPE trazem, portanto, três possibilidades de respostas: certo, errado e "em branco". Quando não se sabe a resposta, a melhor opção é não "chutar", mas deixar a questão sem resposta ("em branco"). Assim, o candidato não corre o risco de ter uma questão correta anulada por um "chute" equivocado.  

Outro ponto importante dentro do “Método Cespe” diz respeito às marcações não- intencionais, ou seja, aquelas que ocorrem quando o candidato queria ter deixado a questão em branco ou quando marca uma alternativa no cartão-resposta, mas entende ser outra a resposta correta. Nesse caso, para evitar a perda de pontos, a solução é marcar as duas alternativas no cartão-resposta, anulando a questão.

Em que pese o sucesso do “Método Cespe”, ele não é adotado em todo e qualquer processo organizado pelo CEBRASPE. Existem alguns editais que preveem provas objetivas com questões no formato múltipla escolha, contendo cinco alternativas. Esse tipo de questão, geralmente, é adotado nos concursos públicos para a magistratura.

Estrutura das Provas

Além do “Método Cespe”, as provas dos concursos públicos elaborados pelo CEBRASPE apresentam algumas peculiaridades. Vamos analisar algumas delas:

1. Divisão das disciplinas

Não é comum que o CEBRASPE traga a divisão de questões por disciplina em seus editais. Geralmente é indicado o número total de questões e uma lista de todas as matérias que serão cobradas. Em alguns casos (como nas provas para a magistratura), as disciplinas são agrupadas em blocos e o edital prevê a quantidade de questões em cada um.

A questão da divisão se estende ao momento da prova. Isso porque, em suas provas, o CEBRASPE não costuma ordenar as questões por disciplina. O candidato pode se deparar, por exemplo, com duas questões consecutivas em que a primeira trate de Língua Portuguesa e a segunda, sobre Direito Previdenciário.

2. Pontuação mínima

Não há cobrança de pontuação mínima por disciplina em provas do CEBRASPE. Levando em consideração o “método Cespe”, esse é um fato muito importante! Sabe aquela matéria em que você tem maior dificuldade ou aquela que você não conseguiu estudar até a data da sua prova? Dependendo do número de questões cobradas nessa disciplina-problema, há a possibilidade de você deixar as questões dessa matéria em branco sem correr o risco de ser eliminado do certame.

3. Casos concretos e interdisciplinares

O conhecimento exigido pelo CEBRASPE em suas provas vai muito além da mera “decoreba”. Isso significa dizer que a banca trabalha muito com a contextualização e a interdisciplinaridade, ou seja, costuma elaborar suas provas a partir de casos concretos, misturando assuntos de diversas matérias em apenas uma questão, como, por exemplo, Direito Constitucional e Direito Civil.

4. Falta de percepção do resultado

Além da contextualização e da interdisciplinaridade, as provas do CEBRASPE possuem a característica de serem muito extensas, causando muito cansaço nos candidatos. Isso, aliado à aplicação do método Cespe, dificulta que, ao término da prova, o candidato tenha uma boa percepção de desempenho. 

Perfil da Banca nas Principais Disciplinas

São muitas as áreas e carreiras em que o CEBRASPE atua, e, claro, são diversas as maneiras como cobra o conteúdo em cada uma delas. Vamos analisar, agora, as principais disciplinas cobradas pela banca.

1. Português

Em Português, o CEBRASPE apresenta as assertivas por meio de textos pequenos ou de trechos de um texto maior, que deverão ser analisados pelo candidato. A banca tem preferência por interpretação de textos e por tipologia textual, bem como por gramática, reescritura de frases e redação oficial. Dessa forma, é possível realizar a análise do texto de maneira completa.

Nas questões que versam sobre interpretação de textos, o ideal é que o candidato não apenas leia o texto, mas busque compreender sobre o que ele realmente trata. Assim, recomenda-se que o candidato leia-o duas vezes antes de responder, marcando as ideias explícitas nele contidas. Já nas questões que tratam de tipologia textual, é vital que o candidato saiba reconhecer os textos narrativos, descritivos e dissertativos.

Como exemplo de questão que exige interpretação de texto, veja esta, cobrada no concurso de técnico judiciário do STJ (2018):

As discussões em torno de questões como “o que é justiça?” ou “quais são os mecanismos disponíveis para produzir situações cada vez mais justas ao conjunto da sociedade?” não são novidade. Autores do século XIX já procuravam construir análises para identificar qual o sentido exato do termo justiça e quais formas de promovê-la eram possíveis e desejáveis ao conjunto da sociedade à época. O debate se enquadra em torno de três principais ideias: bem-estar; liberdade e desenvolvimento; e promoção de formas democráticas de participação. Autores importantes do campo da ciência política e da filosofia política e moral se debruçaram intensamente em torno dessa questão ao longo do século XX, e chegaram a conclusões diversas uns dos outros. Embora a perspectiva analítica de cada um desses autores divirja entre si, eles estão preocupados em desenvolver formas de promoção de situações de justiça social e têm hipóteses concretas para se chegar a esse estado de coisas.

Para Amartya Sen, por exemplo, a injustiça é percebida e mensurada por meio da distribuição e do alcance social das liberdades. Para Rawls, ela se manifesta principalmente nas estruturas básicas da sociedade e sua solução depende de uma nova forma de contrato social e de uma definição de princípios básicos que criem condições de promoção de justiça. Já para Habermas, a questão gira em torno da manifestação no campo da ação comunicativa, na qual a fragilidade de uma ação coletiva que tenha pouco debate ou pouca representação pode enfraquecer a qualidade da democracia e, portanto, interferir no seu pleno funcionamento, tendo, por consequência, desdobramentos sociais injustos. Em síntese, os autores argumentam a favor de instrumentos variados para a solução da injustiça, os quais dependem da interpretação de cada um deles acerca do conceito de justiça.

Augusto Leal Rinaldi. Justiça, liberdade e democracia. In: Pensamento Plural. Pelotas [12]: 57-74, jan.-jun./2013 (com adaptações).

Julgue o seguinte item, relativo aos sentidos e às ideias do texto CB4A1AAA.

Depreende-se do texto que o debate acerca da justiça organiza-se em torno de parâmetros básicos, mas que não há consenso quanto ao conceito de justiça e às formas concretas para alcançá-la entre filósofos e cientistas políticos do século XX.

(  ) Certo                                                          ( ) Errado

A gramática é inserida dentro de um contexto de análise do texto, por meio da morfossintaxe. As classes de palavras mais cobradas são:

  • verbo, em análise do tempo verbal;
  • preposição e advérbio, em adjunto adverbial; e
  • pronome, em colocação pronominal e coesão. 

A seguinte questão, presente no concurso de técnico judiciário do STM (2018), trabalha da seguinte maneira com a gramática:

Eis que se inicia então uma das fases mais intensas na vida de Geraldo Viramundo: sua troca de correspondência com os estudantes, julgando estar a se corresponder com sua amada. E eis que passo pela rama nesta fase de meu relato, já que me é impossível dar a exata medida do grau de maluquice que inspiraram tais cartas: infelizmente se perderam e de nenhuma encontrei paradeiro, por maiores que tenham sido os meus esforços em rebuscar coleções, arquivos e alfarrábios em minha terra. Sou forçado, pois, a limitar-me aos elementos de que disponho, encerrando em desventuras as aventuras de Viramundo em Ouro Preto, e dando viço às suas peregrinações. 

Fernando Sabino. O grande mentecapto. 62.ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2002.

Com referência aos sentidos do texto precedente e às estruturas linguísticas nele empregadas, julgue o item a seguir.

A correção gramatical do texto seria prejudicada caso o trecho “Eis que se inicia” fosse reescrito da seguinte forma: Eis que inicia-se.

(  ) Certo                                                      ( ) Errado

A reescritura de frases é trazida por meio de um trecho de texto que o resume, amplia ou diminui, exigindo que o candidato se posicione pelo seu acerto ou erro. Tal ponto foi cobrado no concurso de técnico do MPU (2018):

Se a cultura, no que tange a valores e visões de mundo, é fundamental para nossa constituição enquanto indivíduos (servindo-nos como parâmetro para nosso comportamento moral, por exemplo), limitarmo-nos a ela, desconhecendo ou depreciando as demais culturas de povos ou grupos dos quais não fazemos parte, pode nos levar a uma visão estreita das dimensões da vida humana. O etnocentrismo, dessa forma, representa uma visão de mundo que toma a cultura do outro (alheia ao observador) como algo menor, sem valor, errado, primitivo. Ou seja, a visão etnocêntrica desconsidera a lógica de funcionamento de outra cultura, o que faz o indivíduo limitar-se à visão que possui como referência cultural. A herança cultural que recebemos de nossos pais e antepassados contribui para isso, pois nos condiciona ao mesmo tempo em que nos educa.

Tomar conhecimento do outro sem aceitar sua lógica de pensamento e seus hábitos acaba por gerar uma visão etnocêntrica e preconceituosa, o que pode até mesmo se desdobrar em conflitos diretos. O etnocentrismo está, certamente, entre as principais causas da intolerância internacional e da xenofobia. Basta pensarmos nas relações entre norte-americanos e latinos imigrantes, entre franceses e os povos vindos do norte do continente africano que buscam residência em países estrangeiros, apenas como exemplos. A visão etnocêntrica caminha na contramão do processo de integração global decorrente da modernização dos meios de comunicação como a Internet, pois é sinônimo de estranheza e de falta de tolerância.

Internet: <https://brasilescola.uol.com.br> (com adaptações).

Considerando os sentidos e os aspectos linguísticos do texto, julgue o próximo item.

O trecho “Tomar conhecimento (...) preconceituosa” poderia ser reescrito, sem prejuízo da correção gramatical e do sentido do texto, da seguinte forma: Tomar conhecimento do outro sem aceitar a lógica de seu pensamento e sem acatar a lógica de seus hábitos acabam gerando uma visão etnocêntrica e preconceituosa.

(  ) Certo                                                       ( ) Errado

Por fim, redação oficial é cobrada tendo como base o Manual de Redação da Presidência da República. É um tema que nem sempre figura nos editais do CEBRASPE, mas, quando ocorre, são cobradas de três a cinco questões. Dessa forma, o candidato deve estar em dia com a leitura do Manual, a fim de angariar pontos preciosos no certame.

2. Raciocínio Lógico Matemático - RLM

Apesar de ser a “pedra no sapato” de muitos concurseiros (ou exatamente por esse motivo), cada vez mais o conteúdo de RLM é exigido nos concursos de níveis médio e superior. Além disso, as questões no formato “certo ou errado” trazem um complicador a mais: todas as informações estão no enunciado, o que faz com que o candidato tenha que estar muito certo dos cálculos que deve fazer. É bem diferente do que ocorre em uma prova de múltipla escolha, em que o candidato encontra informações no enunciado e nas alternativas - trazendo maior segurança na hora de responder.

Por outro lado, essas questões se utilizam muito de fórmulas matemáticas e não apresentam cálculos robustos. Dessa forma, o mais indicado é que o candidato foque na prática, de maneira que esteja preparado para responder as questões com segurança e no menor tempo possível.

Em concursos para técnico de Tribunais, 84,26% das questões abordam o ponto de lógica de proposições. Veja exemplos:

A partir da proposição P: “Quem pode mais, chora menos.”, que corresponde a um ditado popular, julgue o item.

Do ponto de vista da lógica sentencial, a proposição P é equivalente a “Se pode mais, o indivíduo chora menos”.

(  ) Certo                                                       ( ) Errado

(Técnico Judiciário/TRF 1ª Região/Administrativa/2017)

A respeito de lógica proposicional, julgue o item subsequente.

A proposição “Quando um indivíduo consome álcool ou tabaco em excesso ao longo da vida, sua probabilidade de infarto do miocárdio aumenta em 40%” pode ser corretamente escrita na forma (P∨Q)→R, em que P, Q e R sejam proposições convenientemente escolhidas.

(  ) Certo                                                       ( ) Errado

(Técnico Judiciário/TRE GO/Apoio Especializado/2015)

Já nas provas para analista de Tribunais, embora o tema "lógica de proposições" ainda apresente muita relevância (69,57%), exercícios específicos de lógica também são bastante cobrados (26,09%). Veja:

O rito processual de análise de determinado tipo de processo segue as três seguintes fases:

- instrução: após a apresentação da representação e das provas, o juiz decide pela admissibilidade ou não do caso;

-julgamento: admitido o caso, o juiz analisa o mérito para decidir pela culpa ou não do representado;

-apenação: ao culpado o juiz atribui uma pena, que pode ser ou o pagamento de multa, ou a prestação de serviços à comunidade.

A partir das informações acima, considerando que a probabilidade de que ocorra erro de decisão na primeira fase seja de 10%, na segunda, de 5% e, na terceira, de 3%, e que a ocorrência de erro em uma fase não influencie a ocorrência de erro em outras fases, julgue o item.

Para cada processo do referido tipo, desconsiderando os possíveis erros de decisão, a quantidade de possíveis decisões durante o rito processual é superior a 5.

(  ) Certo                                                           ( ) Errado

(Analista Judiciário/TJ SE/Administrativa/2014)

Em uma reunião de colegiado, após a aprovação de uma matéria polêmica pelo placar de 6 votos a favor e 5 contra, um dos 11 presentes fez a seguinte afirmação: “Basta um de nós mudar de ideia e a decisão será totalmente modificada.

Considerando a situação apresentada e a proposição correspondente à afirmação feita, julgue o item.

A negação da proposição pode ser corretamente expressa por “Basta um de nós não mudar de ideia ou a decisão não será totalmente modificada.

(  ) Certo                                                          ( ) Errado

(Analista Judiciário/TRF 1ª Região/Administrativa/2017)

3. Informática

Em Informática, é importante que o candidato evite aquele famoso pensamento do “lido bem com computadores; logo, me darei bem na prova”. Isso porque o CEBRASPE investe em conhecimentos mais teóricos e técnicos em suas provas, aprofundando bastante o assunto. Em razão disso, recomenda-se que o estudo seja realizado em cima da teoria, prática e resolução de questões (nessa ordem).

Para o cargo de técnico de Tribunais, os temas mais cobrados são: Suítes de Escritório/Pacote Office (25,23%), Internet (24,61%), Sistemas Operacionais (21,81%) e Segurança da Informação (17,45%). A exigência pode ser percebida nas questões a seguir: 

Com relação ao ambiente Windows e a aplicativos de edição de textos e de navegação na Internet, julgue o item seguinte.

O aplicativo Writer, do BrOffice, utilizado para a edição de textos, não permite a realização de cálculos com valores numéricos, por exemplo, cálculos com valores em uma tabela inserida no documento em edição.

(  ) Certo                                            ( ) Errado

(Técnico Judiciário/TJDFT/2013)

Com base nos conceitos de segurança da informação, julgue o próximo item.

Os programas, documentos ou mensagens passíveis de causar prejuízos aos sistemas podem ser incluídos na categoria de malwares, que  podem ser divididos em três subgrupos: vírus propriamente ditos, worms e trojans ou cavalos de troia.

(  ) Certo                                          ( ) Errado

(Técnico Judiciário/TRT 10ª Região/Administrativa/2013)

Nas provas para analista de Tribunais, os pontos de maior incidência são: Suítes de Escritório/Pacote Office (29,03%), Internet (26,88%), Sistemas Operacionais (22,04%) e Segurança da Informação (16,13%). As questões são elaboradas como nos seguintes exemplos:

Julgue o seguinte item, relativo a noções de informática.

No Painel de Controle do Windows 7, pode-se ter acesso à categoria Rede e Internet, na qual se podem executar atividades como, por exemplo, becape e configurações do firewall do Windows para se restringir acesso a sítios indesejados.

(  ) Certo                                                  ( ) Errado

(Analista Judiciário/STM)/Administrativa/2018)     

Acerca de procedimentos de segurança e de ensino a distância, julgue o item subsecutivo.

Botnet é uma rede formada por inúmeros computadores zumbis e que permite potencializar as ações danosas executadas pelos bots, os quais são programas similares ao worm e que possuem mecanismos de controle remoto.

(  ) Certo                                                ( ) Errado

(Analista Judiciário/TRE GO/Administrativa/2015)     

Para as carreiras policiais, os pontos mais cobrados são: Internet (25,16%), Segurança da Informação (22,64%), Sistemas Operacionais (17,61%) e Suítes de Escritório/Pacote Office (14,47%). As questões são elaboradas como nos exemplos a seguir:

A respeito da utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet/intranet, julgue o item seguinte.

Nas aplicações multimídia, os fluxos de dados podem conter áudio, vídeo e metadados que viabilizam a sincronização de áudio e vídeo. Cada um desses três fluxos pode ser manipulado por diferentes programas, processos ou hardwares, mas, para que os fluxos de dados de determinada aplicação multimídia sejam qualitativamente otimizados na transmissão ou no armazenamento, eles devem ser encapsulados juntos, em um formato de contêiner.

(  ) Certo                                                           ( ) Errado

A respeito da utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet/intranet, julgue o item seguinte.

Considerando aspectos gerais de informática, julgue o item subsequente.

Os sistemas Windows e Linux se assemelham na possibilidade de uso de interface de linha de comandos: o comando dir, no Windows, pode produzir listagem de arquivos em pasta ou diretório, assim como o comando ls, no Linux.

(  ) Certo                                                          ( ) Errado

(Delegado de Polícia/PC BA/2013)

4. Direito

O nível de cobrança das disciplinas jurídicas muda de acordo com a área do concurso. Nos concursos para técnico, por exemplo, em que é exigido apenas nível médio, o CEBRASPE costuma priorizar a “lei seca”, ou seja, traz como assertiva a literalidade da CRFB/1988.

Para analista de Tribunais, o nível de cobrança é mais pesado. Dessa forma, essas disciplinas devem ser estudadas de maneira completa. É recomendável que se priorize o estudo de uma boa doutrina em conjunto com as leis secas correlacionadas e os normativos jurisprudenciais.

Já em concursos para carreiras jurídicas, em que o nível de cobrança é extremamente pesado, recomenda-se a utilização de uma doutrina bastante aprofundada, bem como a atualização das jurisprudências e das demais legislações correlatas. 

Direito Constitucional

Nos concursos para técnico de Tribunais, os temas mais abordados nas provas são: Organização dos Poderes (39,18%), Direitos e Garantias Fundamentais (28,18%), Organização do Estado (21,31%) e Constituição (3,78%). Segue exemplo de questão:

A respeito dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário e das funções essenciais à justiça, julgue o item subsequente.

Ato normativo publicado pelo presidente da República e cujo conteúdo exorbite do poder de regulamentar poderá ser sustado pelo Congresso Nacional.

(  ) Certo                                                           ( ) Errado

(Técnico do Ministério Público da União/Apoio Técnico e Administrativo/2018)

Já nos concursos para analista de Tribunais, os pontos de maior incidência são: Organização dos Poderes (33,81%), Direitos e Garantias Fundamentais (25,18%), Organização do Estado (11,15%) e Controle de Constitucionalidade (9,71%). Serve como exemplo para essas carreiras a seguinte questão:

São poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Essa independência, todavia, não é absoluta porque há institutos de ingerência mútua, como é o caso das medidas provisórias editadas pelo Poder Executivo, do controle orçamentário realizado pelo Poder Legislativo e da apreciação de ações diretas de inconstitucionalidade por omissão, entre outras, pelo Poder Judiciário.

A respeito desse assunto, julgue o item subsequente.

Ao ser estabelecido, no texto constitucional, que os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário são independentes e harmônicos entre si, assimilaram-se ao ordenamento jurídico brasileiro as teorias da separação de poderes e de freios e contrapesos, desenvolvidas por Maquiavel, na obra O Príncipe.

(  ) Certo                                                ( ) Errado

(Analista Ministerial/MPE PI/Processual/2018)

Para as carreiras policiais, os tópicos mais cobrados são: Organização dos Poderes (25,44%), Direitos e Garantias Fundamentais (25%), Organização do Estado (12,72%) e Defesa do Estado e das Instituições Democráticas (12,72%). Veja:

Julgue o item que se segue, relativo ao Poder Legislativo e à defesa do Estado e das instituições democráticas.

Segundo a doutrina, o estado de sítio deve estar embasado no princípio fundante da necessidade.

(  ) Certo                                                      ( ) Errado

(Oficial de Inteligência/Área 1/2018)

Por fim, para as carreiras jurídicas, os temas que mais incidem nas provas são: Organização dos Poderes (24,58%), Organização do Estado (16,16%), Direitos e Garantias Fundamentais (14,48%) e Controle de Constitucionalidade (11,11%). Um exemplo:

No que concerne a controle de constitucionalidade, julgue o item a seguir.

Se a demanda versar exclusivamente sobre direitos disponíveis, é vedado ao juiz declarar de ofício a inconstitucionalidade de lei, sob pena de violação do princípio da inércia processual.

(  ) Certo                                                       ( ) Errado

(Procurador do Município de Fortaleza/2017)

Direito Administrativo 

Nos concursos para técnico de Tribunais, os temas mais abordados nas provas são: Agentes Públicos (26,57%), Licitações e Contratos (15,69%), Organização Administrativa (13,81%) e Atos Administrativos (8,16%). Confira uma questão de exemplo:

A respeito dos agentes públicos, julgue o item seguinte.

Para que pessoas físicas que colaboram com o poder público sejam consideradas agentes públicos é necessário que elas, obrigatoriamente, tenham vínculo empregatício com a administração pública e sejam por esta remuneradas, como ocorre, por exemplo, com os leiloeiros, tradutores e intérpretes públicos.

(  ) Certo                                          ( ) Errado

(Técnico Judiciário/TRF 1ª Região/Administrativa/2017) 

Já nos concursos para analista de Tribunais, os pontos de maior incidência são: Agentes Públicos (18,48%), Improbidade Administrativa (12,61%), Organização Administrativa (10,26%) e Licitações e Contratos (10,26%). Aí está uma amostra:

No que se refere aos princípios que regem o procedimento licitatório, julgue o item a seguir, com base nas disposições da Lei n.º 8.666/1993.

Em regra, as provas de regularidade fiscal e trabalhista dos participantes nos processos licitatórios são apresentadas na fase de habilitação.

(  ) Certo                                                           ( ) Errado

(Analista do Ministério Público da União/Apoio Jurídico/Direito/2018)

Para as carreiras policiais, os tópicos mais cobrados são: Agentes Públicos (18,66%), Licitações e Contratos (13,06%), Atos Administrativos (11,57%) e Organização Administrativa (11,19%). Veja lá:

No tocante a atos administrativos, julgue o item a seguir.

Tanto a inexistência da matéria de fato quanto a sua inadequação jurídica podem configurar o vício de motivo de um ato administrativo.

(  ) Certo                                                      ( ) Errado

(Policial Rodoviário Federal/2019)

Por fim, para as carreiras jurídicas, os temas que mais incidem nas provas são: Intervenção do Estado na Propriedade Privada (10,33%), Atos Administrativos (9,92%), Responsabilidade Civil do Estado (9,50%) e Agentes Públicos e Processo Administrativo (ambos com 9,09%). Exemplo:

Acerca da intervenção do Estado no direito de propriedade, julgue o item subsequente.

A limitação administrativa é instituída pela administração pública sobre determinado imóvel privado, para atendimento do interesse público, sem operar transferência de domínio, nem de posse, nem do uso total do bem a terceiros ou ao poder público.

(  ) Certo                                             ( ) Errado

(Procurador do Estado do Amazonas/2016)

5. Outras disciplinas

Nas disciplinas de Administração, é muito comum que o CEBRASPE faça a ligação entre a parte teórica e a parte prática. Assim, não basta que o candidato se limite à leitura de um manual da área; é importante que ele procure compreender como funciona toda essa estrutura na prática. 

Já no tocante às disciplinas de Administração que possuem normativos legais, tais como Administração Financeira e Orçamentária e Administração de Recursos Materiais, é importante a leitura atenta deles. 

Em Administração Geral e Pública, os temas mais cobrados são: Gestão da Qualidade (16,49%), Gestão de Pessoas (13,14%), Comportamento Organizacional (11,60%) e Processo de Planejamento (9,54%). A cobrança é feita como na seguinte amostra:

A respeito das organizações, julgue o item que se segue.

Tradicionalmente, o processo de criação da cultura organizacional ocorre de três maneiras: os fundadores contratam e mantêm empregados que pensem e sintam as coisas da mesma forma que eles; ou doutrinam e socializam esses empregados de acordo com sua forma de pensar e de sentir; ou, então, estimulam os empregados a se identificar com eles e a internalizar seus valores, convicções e premissas.

(  ) Certo                                                           ( ) Errado

(Técnico do Ministério Público da União/Apoio Técnico e Administrativo/2013)

Já em Administração Financeira e Orçamentária (AFO), os pontos de maior incidência são: Orçamento Público (30,33%), Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF (14,33%), Despesa Pública (13,33%) e Receita Pública (12,33%). As questões são elaboradas da seguinte maneira:

Acerca do plano plurianual, das classificações orçamentárias e da estrutura programática, julgue o item a seguir.

A principal finalidade da classificação orçamentária institucional é evidenciar as unidades administrativas responsáveis pela execução da despesa.

(  ) Certo                                                          ( ) Errado

(Técnico Judiciário/STJ/Administrativa/2018)

Em Arquivologia, a banca tem por hábito cobrar os normativos que envolvem a matéria. Dessa forma, uma simples leitura de lei combinada com vídeoaulas é uma boa preparação para essa disciplina. Os pontos de maior incidência nas provas elaboradas pelo CEBRASPE são: Gestão da Informação e de Documentos (30,56%), Conceitos Fundamentais de Arquivologia (17,36%) e Preservação, Conservação e Restauração de Documentos de Arquivo (17,36%). Segue uma questão como exemplo:

No que tange a preservação e conservação de documentos de arquivo, julgue o próximo item.

A seleção do material de acondicionamento e armazenamento dos documentos de arquivo independe do suporte documental.

(  ) Certo                                                    ( ) Errado

(Técnico Ministerial/MPE PI/Administrativa/2018)

As questões de Contabilidade do CEBRASPE costumam ser muito bem elaboradas, com questões inteligentes e de um bom nível de complexidade. Aqui, há tanto a cobrança de cálculos quanto de teoria. Os pontos mais cobrados versam sobre Ativos (22,31%), Escrituração Contábil (14,88%), Demonstrações Contábeis (14,05%) e Balanço Patrimonial (10,74%). Segue um exemplo dessa disciplina:

Com referência ao balanço patrimonial, julgue o item que se segue.

O conceito de equivalentes de caixa era pouco difundido no Brasil antes da implementação das normas internacionais de contabilidade. Esse conceito é mais abrangente que o convencionalmente adotado no Brasil para as disponibilidades, pois não se restringe aos valores de liquidez imediata, embora não haja restrições à sua conversibilidade em prazo e valor certos.

(  ) Certo                                                       ( ) Errado

(Técnico Judiciário/TRE ES/Administrativa/2011)

Por fim, em Língua Estrangeira (Inglês e/ou Espanhol), o aspecto mais cobrado é a interpretação de texto e a tradução de palavras. Para tanto, é relevante que o candidato conheça os principais termos utilizados na área para a qual está prestando concurso. 

Em Inglês, as questões versam sobre Interpretação de Texto (70%), Tradução de Palavras (20%) e Gramática (10%). Já em Espanhol, tratam de Interpretação de Texto (55,56%) e Vocabulário e Tradução (44,44%). Abaixo, exemplos de questões dessas disciplinas:

Based on text, judge the following item.

In line 14, the connector “Hence” introduces a logical conclusion.

(  ) Certo                                                        ( ) Errado

(Oficial de Inteligência/ABIN/Área 1/2018)

En relación al texto, juzgue lo siguiente ítem.

La posverdad es una idea conocida para aquellos que están al día en asuntos políticos.

(  ) Certo                                                      ( ) Errado

(Oficial Técnico de Inteligência/ABIN/Área 1/2018)

6. Provas discursivas

Assim como ocorre com as demais bancas, o CEBRASPE também realiza a aplicação de provas discursivas. Geralmente elas são realizadas no mesmo dia das provas objetivas, sendo corrigidas apenas as dos candidatos mais bem colocados nas últimas.

As discursivas, tanto na forma de redação quanto de casos concretos, costumam ter limite de 30 linhas para a resposta. A forma, para essa banca, é um aspecto fundamental, devendo seguir um rígido espelho de prova. Além disso, o nível de cobrança do conteúdo nessas provas é bastante elevado. Veja alguns exemplos de questões discursivas do CEBRASPE:

Na trajetória da administração pública brasileira, destacam-se o modelo burocrático, associado ao poder racional-legal, e o modelo gerencialista, representado pela nova administração pública. Discorra sobre os seguintes tópicos, relacionados a esses dois modelos:

1 contextos em que esses modelos surgiram; [valor: 9,00 pontos]2 propósito de cada um desses modelos; [valor: 9,00 pontos]

2 propósito de cada um desses modelos; [valor: 9,00 pontos]

3 princípios e práticas norteadores (apresente, ao menos, três para cada modelo). [valor: 20,00 pontos]

(Analista Judiciário/STM/Administrativa/2018)

Câmara municipal localizada em determinado estado federado aprovou projeto de lei que determinava aos cartórios do município o condicionamento da alteração de prenome constante no registro civil de pessoas autoidentificadas como transgêneros à comprovação de prévia realização de cirurgia de transgenitalização. No entanto, no âmbito da arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) ajuizada pela entidade legitimada — a Associação de Transgêneros Brasileiros (ATB) —, o STF concedeu medida liminar para suspender a vigência da referida lei municipal. Passados dois meses da publicação da decisão de concessão dessa medida, o STF recebeu reclamação constitucional ajuizada também pela ATB, em busca de estender os efeitos da liminar concedida na ADPF contra outra lei, esta aprovada pela câmara legislativa do mesmo estado, de idêntico conteúdo da anterior lei municipal: determinava que a alteração de registro civil de transgêneros fosse condicionada à comprovação da realização de cirurgia de transgenitalização, estendendo-se essa ordem a todos os cartórios localizados no território daquele estado.

À luz das disposições constitucionais, da doutrina e do entendimento do STF, redija um texto abordando os seguintes aspectos, relativos à situação hipotética apresentada:

I. a constitucionalidade da atuação do Poder Legislativo estadual na formulação de nova legislação de conteúdo idêntico ao da legislação municipal suspensa após o deferimento da medida liminar pelo STF no âmbito de ADPF e o cabimento da reclamação constitucional proposta pela ATB;

II. a constitucionalidade, formal e material, das referidas leis municipal e estadual.

(Juiz Estadual/TJ BA/2019)

O que aprendemos nesse artigo?

Para você que leu tudo até aqui - ou para quem quer algo mais objetivo -, segue um resumo das características do CEBRASPE e de suas provas:

  1. Utiliza-se do famoso “método Cespe”, em que uma marcação errada anula uma certa.
  2. É necessário ter conhecimento geral e boa interpretação de texto.
  3. A banca também elabora provas com questões de múltipla escolha.
  4. A banca não costuma trazer uma divisão de questões por disciplinas em seus editais.
  5. É comum que não haja uma ordem fixa para a cobrança de cada disciplina nas provas.
  6. As questões são focadas em contextualização e interdisciplinaridade.
  7. Não há exigência de pontuação mínima por disciplina.
  8. Traz questões extensas, que trabalham com a contextualização e a interdisciplinaridade.
  9. Em Português, costuma cobrar uma análise completa dos textos que compõem a prova: interpretação de texto, tipologia textual, gramática e reescritura de frases. Quando presente a redação oficial no conteúdo programático, esse ponto ganha uma relevância grande.
  10. As questões de RLM geram insegurança em razão de se apresentarem apenas no enunciado. No entanto, há grande utilização de fórmulas matemáticas e inexistência de cálculos densos.
  11. Em Informática, a banca cobra muito o conhecimento teórico e técnico;
  12. O nível das provas das disciplinas jurídicas varia de acordo com a área de concurso. Assim, para concursos de nível médio, é grande a cobrança da letra da lei. Nos demais casos, também são cobradas doutrina e jurisprudência.
  13. As questões das disciplinas de Administração unem teoria e prática.
  14. Em AFO, Administração de Recursos Materiais e Arquivologia, a cobrança recai basicamente sobre letra de lei.
  15. As questões de Contabilidade cobram tanto cálculo quanto teoria.
  16. As provas de Língua Estrangeira abordam interpretação de texto e tradução de palavras.
  17. As provas discursivas são aplicadas, geralmente, no mesmo dia das objetivas. Podem ser realizadas por meio de redação ou de dissertação sobre caso concreto.

Artigos Mais Lidos:

Master Juris Premium

concursos jurídicos superiores
Planos de Assinatura
* Saudades do site antigo? Acesse-o aqui
close-link

Promoção de (re)Lançamento!

Assine o Master Juris Premium por apenas 12 x 59,90 (plano anual). Mais de 5.000 videoaulas, guias por carreira, rodadas de exercícios, correção de discursiva e até orientação para prova oral. 

Não perca. A promoção tem prazo limitado.
Ver Planos
close-link